Muito mais que historias...

... experiencias, o cotidiano, a rotina, a vida. o nosso blog vai falar de tudo que acontece, da nossa opinião, das nossas vontades. Boa leitura!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Ao contrário da lentidão que todo mundo diz, eu acho que as coisas andaram numa velocidade rápida demais. E eu não consigo acompanhar, fico meio perdida, sem saber como agir, o que fazer, por onde andar, onde ir. Acho meio estranho essas coisas de coração disparar, ainda mais por você, que, como diz naquele texto, "é novinho em folha" e eu nem sabia mais como era isso. É essa velocidade que eu não entendo: por que é que em tão pouco tempo eu passo por essas situações. Meio adolescente tudo isso, essa coisa de paixão platônica e fullgás. E eu nunca me preparei pra pisar em território desconhecido, eu sempre gostei de ter pelo menos uma noção do que tava acontecendo. De repente eu me vi perdendo o controle, sem saber o que dizer, como prosseguir. Eu achei que as coisas seriam fáceis demais e agora eu já acho tão complicado... Um dia me disseram que todos os homens não são iguais e eu comecei a acreditar nisso dessa vez. Só que agora eu já não tenho tanta certeza. Me faça acreditar que você não é só mais um,igual a todos os outros. Seja complicado só até onde a minha dor, as minhas mágoas do passado e o meu coração possam suportar.

2 comentários:

  1. haha brow, você volta a tentar não acreditar e eu volto pra reafirmar que nem todos são iguais.
    E na dúvida e nos passos da incerteza é que não foi criada a expectativa nem a frustração, foi aí que surgiu a espontaneidade, o detalhe do segundo que dura aos montes. :)

    ResponderExcluir